Arquitetura das ideias: Paul Otlet, o objeto, o livro e o documento

AutorCarlos Henrique Juvêncio
CargoDoutor em Ciência da Informação Universidade Federal Fluminense, Departamento de Ciência da Informação, Niterói, Brasil carloshjuv@gmail.com https://orcid.org/0000-0003-2376-4823
Páginas1-17
Encontros Bibli: revista eletrônica de biblioteconomia e ciên cia da informação, Florianóp olis, v. 26, p. 01-17, 2021.
Universidade Federal de Santa Catarina. ISSN 1518-2924. DOI: https: //doi.org/10.5007/1518-2924.2021.e73450
Artigo
Original
ARQUITETURA DAS IDEIAS: PAUL OTLET, O OBJETO,
O LIVRO E O DOCUMENTO
Architecture of ideas: Paul Otlet, the object, the book and the document
Carlos Henrique JUVÊNCIO
Doutor em Ciência da Informação
Universidade Federal Fluminense, Departamento de Ciência da Informação, Niterói, Brasil
carloshjuv@gmail.com
https://orcid.org/0000-0003-2376-4823
A lista completa com informações dos autores está no final do artigo
RESUMO
Objetivo: Compreender, a partir de três dimensões, o entendimento Otletiano sobre o que vem a ser um livro: a
material, a simbólica e a filosófica.
Método: Pesquisa bibliográfica documental, onde o Traité de Documentation é a base para a formulação das
considerações acerca do pensamento de Paul Otlet, logo, nossos apontamentos partem dele e a ele retornam.
Resultado: O livro, como constructo da humanidade para a Humanidade, tem seu papel social, com o acúmulo
constante e incessante de saberes e conhecimentos fixados materialmente, corporificando-se e recorporificando-se de
geração em geração, visando o desenvolvimento e o progresso das diferentes ciências e artes.
Conclusões: O livro não é construído ao acaso, ele precisa se estruturar segundo parâmetros, além disso, as ideias
não podem ser jogadas ao bel prazer, elas também precisam de uma e struturação que reflita as intenções do auto r,
suas vontades e sua linha de pensamento. Na noção da arquitetura das ideias, o autor e o leitor precisam compreender
que aquele livro é uma pequena parte da obra universal, tão cara ao projeto Otletiano.
PALAVRAS-CHAVE: Arquitetura das ideias. Biblion. Documento. Livro. Paul Otlet.
ABSTRACT
Objective: Understand, from three dimensions, the Otletian understanding of what a book is: material, symboli c and
philosophical.
Methods: Documentary bibliographic research, where the Traité de Docum entation is the basis for the formulation of the
considerations about the thought of Paul Otlet, therefore, our notes start from him and return to him.
Results: The book, as a construct of humanity for Humanity, has its social role, with the cons tant and incessant
accumulation of knowledge and knowledge fi xed materially, embodying and incorporating from generation to generation,
aiming at the development and progress of different sciences and arts.
Conclusions: The book is not built at random; it needs to be structured according to parameters, in a ddition, ideas
cannot be thrown at will, they also need a structure that reflects the author's intentions, his wishes and his line of thought.
In the notion of the architecture of ideas, the author and the reader need to understand that that book is a small part of
the universal work, so dear to the Otletian project.
KEYWORDS: Architecture of ideas. Biblion. Book. Document. Paul Otlet.
Encontros Bibli: re vista eletrônica de biblioteconomia e ciência da informação, Florianópolis, v. 26, p. 01-17, 2 021.
Universidade Federal de Santa Catarina. ISSN 1518-2924. DOI: https: //doi.org/10.5007/1518-2924.2021.e73450
2
1 INTRODUÇÃO1
Paul Otlet (1868-1944) tem no Traité de Documentation: le livre sur le livre a
expressão máxima de suas ideias; publicada em 1934, a obra é considerada o ápice na
construção do pensamento desenvolvido desde a década de 1890, quando inicia seus
estudos bibliográficos e documentalistas. Seu subtítulo nos chama atenção Le livre sur
le livre (o livro sobre o livro) , já que sendo um tratado um “estudo a respeito de uma
ciência, arte etc.” (AULETE, [2013]) ou uma “obra que expõe ordenadamente os princípios
de uma ciência ou arte” (MIACHAELIS..., c2020), ele enuncia o objeto de estudo da obra:
o livro. Mas nos suscita também várias questões, dentre elas, o que é o livro para Paul
Otlet?
Buscando uma resposta a esta pergunta, articulamos três dimensões ao
entendimento otletiano sobre o que vem a ser um livro: o material, o simbólico e o
filosófico. Tais categorias não são originais do autor, mas sim criadas por nós como
tentativa de compreender esse complexo objeto de estudo do Traité de Documentation.
Logo, na dimensão material, articulamos o pensamento do jurista belga à fisicalidade do
livro e suas partes. Sob o prisma simbólico, abordamos o livro como ente social e seu
poder frente às comunidades. Por fim, o caráter filosófico é evidenciado pela articulação
das noções de biblion, organização das ciências e edifício documental.
Nossa metodologia foi a bibliográfica documental, onde o Traité de Documentation
é a nossa base para a formulação das considerações acerca do pensamento de Paul
Otlet, logo, nossos apontamentos dele partem e a ele retornam.
Convém, contudo, antes de elaborarmos nossas discussões, elucidar o contexto do
pensamento de Otlet. Mergulhado nas discussões de inúmeras sociedades internacionais
que levantavam a bandeira em prol da união e paz perpétua, ele vê o florescimento e
desenvolvimento das ciências sociais no final do século XIX:
O desenvolvimento das relações entre os povos é o traço mais
característico da civilização atual. O internacionalismo da nossa época não
é apenas uma concepção do espírito; ele é baseado em um conjunto de
realidades. São elas: a expansão do homem por toda a terra; a rede de
comunicação que ele estabeleceu para o transporte de pessoas, de
mercadorias e de ideias; a economia tornou-se mundial em todos os ramos
de trabalho, da indústria, do comércio e das finanças; as ciências, a
1 "Este artigo é resultado da comunicação homônima proferida no VI Seminário Internacional A Arte
da Bibliografia, realizado em Florianópolis nos dias 5 e 6 de dezembro de 2019, organizado em parceria
pelo PPGInfo/UDESC e pelo PGCIN/UFSC, devendo ser compreendido como parte do dossiê temático do
evento"

Para continuar a ler

PEÇA SUA AVALIAÇÃO

VLEX uses login cookies to provide you with a better browsing experience. If you click on 'Accept' or continue browsing this site we consider that you accept our cookie policy. ACCEPT