Balanço - DAIMLER MOBILITY BRASIL HOLDING S.A

Data de publicação29 Abril 2021
Sumário
Caderno Empresarial 2
BALANÇO
BITZ SERVIÇOS FINANCEIROS S.A. ..................................................13
BV EMPREENDIMENTOS E PARTICIPAÇÕES S.A. ................................9
DAIMLER MOBILITY BRASIL HOLDING S.A. ....................................... 3
Diário Oficial
Estado de São Paulo
Empresarial 2
Volume 131 • Número 79 Página 3
São Paulo, quinta-feira, 29 de abril de 2021
Daimler Mobility Brasil Holding S.A.
(nova denominação da Starexport Trading S.A.)
CNPJ nº 54.646.419/0001-44
RELATÓRIO DA ADMINISTRAÇÃO
Em cumprimento às disposições legais e estatutárias, a Administração da Daimler
Mobility Brasil Holding S.A. (nova denominação da Starexport Trading S.A.) submete à
apreciação de V.Sas., o Relatório da Administração, as Demonstrações Financeiras
Individuais e Consolidadas acompanhadas das Notas Explicativas e o Relatório dos
Auditores Independentes sobre as Demonstrações Financeiras, correspondentes aos
exercícios findos em 31 de dezembro de 2020 e 2019.
Base de consolidação
As entidades consideradas na consolidação das demonstrações financeiras são
constituídas e domiciliadas no Brasil.
A sede da Daimler Mobility Brasil Holding S.A. está localizada na Avenida do Café, 277,
na cidade de São Paulo.
A Daimler Mobility Brasil Holding S.A. tem por objetivo social a participação em outras
sociedades, na qualidade de sócia, quotista ou acionista.
A Daimler Mobility Brasil Holding S.A., tem investimento nas seguintes empresas:
Banco Mercedes-Benz do Brasil S.A. está organizado e autorizado a operar como
Banco Múltiplo com as seguintes carteiras: (i) Arrendamento Mercantil; (ii) Crédito,
Financiamento e Investimento; e, (iii) Investimento, inclusive sujeito às normas e
controles do Banco Central do Brasil. A Daimler Mobility Brasil Holding S.A. tem uma
participação societária de 100% em 2020 (100% em 2019).
A Mercedes-Benz do Brasil Assessoria Comercial Ltda. tem como objeto social a
prestação de serviços de consultoria e assessoria em operações e atividades correlatas
aos mercados financeiro e de capitais, elaboração e execução de projetos, pesquisas de
mercado e de opinião em geral, compra e venda de imóveis comerciais e residenciais,
administração de imóveis próprios e de terceiros, arrendamento, exploração comercial,
locação e sublocação de imóveis comerciais e residenciais e participações em outras
sociedades. A Daimler Mobility Brasil Holding S.A. tem uma participação societária de
100% em 2020 (100% em 2019).
A Mercedes-Benz Administradora de Consórcios Ltda. administrava os grupos de con-
sórcio iniciados em anos anteriores e não tem constituído novos grupos. Desde 2011,
a Administradora controla somente os recursos não procurados dos grupos encerrados.
A Daimler Mobility Brasil Holding S.A. vendeu sua participação na Mercedes-Benz Ad-
ministradora de Consórcios Ltda. em maio de 2020 (99,99% em 2019).
Remuneração dos acionistas
Conforme estatuto social da Daimler Mobility Brasil Holding S.A., é assegurado aos
acionistas o direito a um dividendo mínimo de 25% calculado sobre o lucro líquido
ajustado a ser pago anualmente. No exercício findo em 31 de dezembro de 2020 foi
distribuído aos acionistas dividendos no montante de R$ 76.967, não houve distribuição
de dividendos no exercício de 2019.
Agradecimentos
Agradecemos o empenho, a confiança e a credibilidade e em especial aos nossos
funcionários e colaboradores, pela dedicação e empenho que possibilitaram o
desenvolvimento de nossas atividades.
São Paulo, 17 de março de 2021
A Administração
Indivi duais Consolidadas
Ativo Nota 2020 2019 2020 2019
Ativo circulante 20.808 13.045 5.717.727 6.140.097
Caixa e equivalentes de caixa 12 2.358 560 347.861 89.891
Disponibilidades 2.358 560 125.333 83.890
Aplicações em depósitos
interfinanceiros 222.528 6.001
Ativos financeiros 16.836 11.105 5.274.818 5.951.239
Ao custo amortizado 14 5.253.398 5.890.753
Operações de crédito e
arrendamento mercantil financeiro 5.476.405 6.086.743
(–) Provisão para perda esperada (223.007) (195.990)
Ao valor justo por meio de outros
resultados abrangentes 15 16.836 11.105 21.420 60.486
Títulos e valores mobiliários 16.836 11.105 21.420 60.486
Ativos fiscais 25 1.610 1.380 55.094 65.869
Imposto de renda e
contribuição social - correntes 1.610 1.380 55.094 65.869
Outros ativos 19 4 – 39.954 33.098
Ativo não-circulante 2.126.575 2.028.131 7.861.005 6.950.174
Ativos financeiros 16.366 7.219.430 6.336.257
Ao custo amortizado 14 7.049.906 6.335.612
Operações de crédito e
arrendamento mercantil
financeiro 7.349.176 6.546.402
(–) Provisão para perda esperada (299.270) (210.790)
Ao valor justo por meio de outros
resultados abrangentes 15 16.366 169.524 645
Títulos e valores mobiliários 16.366 169.524 645
Ativos fiscais 25 1.702 1.975 435.875 404.585
Imposto de renda e
contribuição social - diferido 1.702 1.975 435.875 404.585
Investimentos em controladas 16 2.119.750 2.004.566 488 488
Ativos tangíveis 17 – 8.295 9.931
Ativos intangíveis 18 – 9.707 9.718
Outros ativos 19 5.123 5.224 187.210 189.195
Total do ativo 2.147.383 2.041.176 13.578.732 13.090.271
Indivi duais Consolidadas
Passivo Nota 2020 2019 2020 2019
Passivo circulante 1.970 5.421 6.450.737 6.655.564
Passivos financeiros 6.173.789 6.397.757
Ao custo amortizado 6.163.007 6.393.761
Depósitos 20 2.946.771 4.768.975
Obrigações por empréstimos
e repasses 21 1.135.209 1.304.704
Títulos de dívidas emitidos 22 2.081.027 320.082
Instrumentos financeiros
derivativos 13 10.782 3.996
Obrigações fiscais 25 254 5.318 159.454 147.060
Imposto de renda e
contribuição social - correntes 254 5.318 159.454 147.060
Outros passivos 24 1.716 103 117.494 110.747
Passivo não circulante 2.225 4.911 4.984.807 4.403.863
Passivos financeiros 4.719.060 4.115.183
Ao custo amortizado 4.701.686 4.115.183
Depósitos 20 2.425.623 2.363.548
Obrigações por empréstimos
e repasses 21 1.473.563 1.751.635
Títulos de dívidas emitidos 22 802.500
Instrumentos financeiros
derivativos 13 17.374
Provisões 23 2.225 3.376 264.430 282.300
Obrigações fiscais 25 – 1.317 3.747
Imposto de renda e
contribuição social - diferido 1.317 3.747
Outros passivos 24 – 1.535 2.633
Total do passivo 4.195 10.332 11.435.544 11.059.427
Patrimônio líquido atribuído
aos controladores 26 2.143.188 2.030.844 2.143.188 2.030.844
Capital social 1.353.742 1.353.742 1.353.742 1.353.742
Reservas 797.123 664.808 797.123 664.808
Ajustes de avaliação patrimonial (7.677) 12.294 (7.677) 12.294
Total do patrimônio líquido 2.143.188 2.030.844 2.143.188 2.030.844
Total do passivo e do
patrimônio líquido 2.147.383 2.041.176 13.578.732 13.090.271
As notas explicativas são parte integrante das Demonstrações Financeiras
Individuais Consolidadas
Nota 2020 2019 2020 2019
Receita de juros calculada pelo
método de juros efetivos – 1.255.574 1.214.057
Outras receitas de juros 603 1.045 12.518 4.961
Despesas com juros e similares (655.613) (639.953)
Resultado líquido de juros e similares 603 1.045 612.479 579.065
Resultado líquido de comissões 42.906 40.038
Receita líquida de comissões 45.009 42.814
Despesa com comissões (2.103) (2.776)
Resultado bruto de
intermediação financeira 6603 1.045 655.385 619.103
Outras receitas/despesas operacionais 195.674 328.075 (338.494) (207.021)
Perda por redução ao valor recuperável
de ativos financeiros 7 (138.553) 22.214
Perda por redução ao valor recuperável
de ativos não financeiros 1.790 25.237
Resultado de participação em controlada 194.666 314.205
Despesas de pessoal 8 (77.486) (89.731)
Despesas gerais e administrativas 9 (384) (574) (111.261) (114.325)
Outras receitas/(despesas) operacionais 1.392 14.444 (12.984) (50.416)
Resultado antes da tributação sobre o
lucro e participações 196.277 329.120 316.891 412.082
Imposto de renda e contribuição social -
correntes (252) (5.313) (155.133) (137.458)
Imposto de renda e contribuição social -
diferidos (273) 264 33.994 49.447
Lucro líquido do exercício 195.752 324.071 195.752 324.071
As notas explicativas são parte integrante das Demonstrações Financeiras
Individuais Consolidadas
2020 2019 2020 2019
Lucro líquido do exercício 195.752 324.071 195.752 324.071
Outros resultados abrangentes (19.971) 3.288 (19.971) 3.288
i. não será reclassificado posteriormente
para lucros ou perdas (13.530) 4.659 (13.530) 4.659
Outros resultados abrangentes (13.530) 4.659 (13.530) 4.659
ii. será ou poderá ser reclassificado
posteriormente para lucros ou perdas (6.441) (1.371) (6.441) (1.371)
ii.i reclassificações para o
resultado do período
ii.ii mudanças no valor justo (6.441) (1.371) (6.441) (1.371)
Ajustes de avaliação patrimonial (6.441) (1.371) (11.711) (2.472)
Outros resultados abrangentes
de controladas (6.441) (1.371)
Títulos e valores mobiliários (267) 65
Instrumentos financeiros derivativos (11.444) (2.537)
Efeito fiscal 5.270 1.101
Títulos e valores mobiliários 120 (40)
Instrumentos financeiros derivativos 5.150 1.141
Resultado abrangente do exercício 175.781 327.359 175.781 327.359
As notas explicativas são parte integrante das Demonstrações Financeiras
Individuais Consolidadas
2020 2019 2020 2019
Atividades operacionais
Lucro antes da tributação ajustado 1.611 14.915 (135.347) (144.143)
Resultado antes da tributação sobre o
lucro e participações 196.277 329.120 316.891 412.082
Ajustes do lucro antes da tributação:(194.666) (314.205) (452.238) (556.225)
Resultado de participação
em controlada (194.666) (314.205)
Perda por redução ao valor recuperável
de ativos financeiros 159.641 10.657
Perda por redução ao valor recuperável
de ativos não financeiros (1.790) (25.237)
Depreciação e amortização 2.575 2.086
Receita com atualizações de
depósitos judiciais (3.143) (6.391)
Despesa com provisões e contingências (7.530) 35.298
Risk sharing agreement – (7.470) 3.920
Juros incorridos sobre ativos financeiros – (1.267.929) (1.218.336)
Juros incorridos sobre
passivos financeiros 673.408 641.778
Variação de ativos e passivos
(Aumento) de ativos financeiros ao
custo amortizado (472.794) (3.054.923)
Redução/(Aumento) de ativos ao valor justo por
meio de outros resultados abrangentes 10.635 (11.877) (125.582) 18.799
Redução/(Aumento) de ativos fiscais (230) (2.159) 18.749 32.023
Redução/(Aumento) de outros ativos 97 (738) 51.424 42.667
Redução de ativos não financeiros
mantidos para a venda 3.269 34.928
Aumento/(Redução) de passivos
financeiros ao custo amortizado 358.042 2.511.931
Aumento/(Redução) de instrumentos
financeiros derivativos (4.639)
Aumento de provisões (1.151) (1.058) (10.340) (18.352)
Aumento de obrigações fiscais 62 1.917 (5.342) 9.239
Imposto de renda e contribuição social
pagos (5.378) (201) (139.827) (105.271)
Aumento/(Redução) de outros passivos 78 266 4.114 24.469
Juros recebidos sobre ativos financeiros 1.457.084 1.237.956
Juros pagos sobre passivos financeiros (662.946) (580.027)
Caixa líquido proveniente/(aplicado)
das atividades operacionais 5.724 1.065 335.865 9.296
Atividades de investimento
Aquisição de imobilizado (3.987) (7.803)
Alienação de imobilizado de uso 3.059 2.195
Venda de participação de
não controladores (305)
Dividendos recebidos 73.346 8.375
Caixa líquido (aplicado) das
atividades de investimento 73.041 8.375 (928) (5.608)
Atividades de financiamento
Pagamento de dividendos (76.967) (13.537) (76.967) (13.537)
Caixa líquido proveniente/(aplicado)
das atividades de financiamento (76.967) (13.537) (76.967) (13.537)
Aumento/(redução) de caixa e
equivalentes de caixa 1.798 (4.097) 257.970 (9.849)
Caixa e equivalente de caixa no
início do exercício 560 4.657 89.891 99.740
Caixa e equivalente de caixa no
fim do exercício 2.358 560 347.861 89.891
Aumento/(redução) de caixa e
equivalentes de caixa 1.798 (4.097) 257.970 (9.849)
As notas explicativas são parte integrante das Demonstrações Financeiras
Capital
social Reserva
de capital Reserva de lucros Ajuste de avaliação
patrimonial Resultados acumulados
não apropriados TotalLegal Especial
Saldos em 1º de janeiro de 2019 1.353.742 15.213 20.557 304.967 9.006 1.703.485
Outros resultados abrangentes 3.288 3.288
Lucro líquido do período 324.071 324.071
Destinações:
Reserva legal 16.204 (16.204)
Reserva especial 307.867 (307.867)
Saldos em 31 de dezembro de 2019 1.353.742 15.213 36.761 612.834 12.294 2.030.844
Mutações do período 16.204 307.867 3.288 327.359
Saldos em 1º de janeiro de 2020 1.353.742 15.213 36.761 612.834 12.294 2.030.844
Outros resultados abrangentes 13.530 (19.971) (6.441)
Lucro líquido do período 195.752 195.752
Destinações:
Reserva legal 9.788 (9.788)
Reserva especial 185.964 (185.964)
Distribuição de dividendos (76.967) (76.967)
Saldos em 31 de dezembro de 2020 1.353.742 15.213 46.549 735.361 (7.677) 2.143.188
Mutações do período 9.788 122.527 (19.971) 112.344
As notas explicativas são parte integrante das Demonstrações Financeiras
DEMONSTRAÇÕES DOS
RESULTADOS ABRANGENTES
Exercícios findos em 31 de dezembro de 2020 e 2019
(Em milhares de Reais)
1. CONTEXTO OPERACIONAL
A Daimler Mobility Brasil Holding S.A. (“DMO Brasil”) tem por objetivo social a
participação em outras sociedades, na qualidade de sócia, quotista ou acionista. A
empresa é sediada na cidade de São Paulo - SP na Avenida do Café, nº 277, 5º e
6º andares. Sua controladora final é a Daimler AG, situada em Stuttgart - Baden-
Württemberg na Alemanha.
As Demonstrações financeiras individuais e consolidadas para os exercícios findos em
31 de dezembro de 2020 e 2019 foram autorizadas para emissão conforme aprovação
da Administração em 17 de março de 2021.
2. APRESENTAÇÃO DAS DEMONSTRAÇÕES FINANCEIRAS
a. Base de preparação
As demonstrações financeiras individuais e consolidadas da DMO Brasil, composta
pelas empresas descritas no item c. desse capítulo, foram preparadas e estão sendo
apresentadas de acordo com as Normas Brasileiras de Contabilidade, emitidas pelo
Comitê de Pronunciamentos Contábeis (CPC), e as Normas Internacionais de Relatório
Financeiro (International Financial Reporting Standards - IFRS) e as interpretações
IFRIC, emitidas pelo International Accounting Standards Board (IASB).
Na elaboração dessas demonstrações financeiras consolidadas, a DMO Brasil utilizou
as práticas contábeis descritas na nota explicativa nº 4.
b. Moeda funcional e de apresentação
As demonstrações financeiras individuais e consolidadas estão sendo apresentadas em
Reais (R$). Exceto quando indicado, as informações financeiras expressas em milhares
de Reais foram arredondadas para o milhar mais próximo.
c. Base de consolidação
As demonstrações financeiras consolidadas incluem as posições patrimoniais e
financeiras e os resultados das companhias:
Controlada Denominação Participação Observação2020 2019
Controlada-
Direta
Banco Mercedes-Benz do
Brasil S.A. 100% 100%
Autorizada a
funcionar pelo Banco
Central do Brasil
Mercedes-Benz do Brasil
Assessoria Comercial Ltda. 99,99% 99,99% Empresa não-
financeira
Mercedes-Benz
Administradora de
Consórcios Ltda. 0% 99,99%
Autorizada a
funcionar pelo Banco
Central do Brasil
Controlada-
Indireta
Mercedes-Benz Leasing do
Brasil Arrendamento
Mercantil S.A. 100% 100%
Autorizada a
funcionar pelo Banco
Central do Brasil
Mercedes-Benz Corretora
de Seguros Ltda. 100% 100% Empresa não-
financeira
A elaboração das demonstrações financeiras das entidades consolidadas da DMO
Brasil é feita para o mesmo exercício social utilizando-se práticas contábeis consistentes.
A consolidação é integral, todas as transações, saldos, receitas e despesas entre as
entidades consolidadas foram eliminadas.
Banco Mercedes-Benz do Brasil S.A.
O Banco Mercedes-Benz do Brasil S.A. (“Banco”), está organizado e autorizado a
operar como Banco Múltiplo com as seguintes carteiras: (i) Arrendamento Mercantil;
(ii) Crédito, Financiamento e Investimento; e, (iii) Investimento, inclusive sujeito às
normas e controles do Banco Central do Brasil.
Mercedes-Benz Leasing do Brasil Arrendamento Mercantil S.A.
A Mercedes-Benz Leasing do Brasil Arrendamento Mercantil S.A., é uma sociedade por
ações de acordo com a Lei nº 6.404/76 e alterações posteriores, que tem por objetivo
principal efetuar operações de arrendamento definidas pela Legislação em vigor,
inclusive sujeito às normas e controles do Banco Central do Brasil.
Mercedes-Benz do Brasil Assessoria Comercial Ltda.
A Mercedes-Benz do Brasil Assessoria Comercial Ltda. (Assessoria) tem como objeto
social a prestação de serviços de consultoria e assessoria em operações e atividades
correlatas aos mercados financeiro e de capitais, elaboração e execução de projetos,
pesquisas de mercado e de opinião em geral, compra e venda de imóveis comerciais e
residenciais, administração de imóveis próprios e de terceiros, arrendamento, exploração
comercial, locação e sublocação de imóveis comerciais e residenciais e participações
em outras sociedades.
Em Acordo de Voto da Mercedes-Benz do Brasil S.A. Assessoria Comercial Ltda.
firmado entre Banco Mercedes-Benz do Brasil S.A., quotista minoritário, e Daimler
Mobility Brasil Holding S.A. (nova denominação da Starexport Trading S.A.), quotista
majoritário, ficou estabelecido que dependerá do voto afirmativo do Banco a aprovação
de matérias essenciais para o controle da instituição. O voto afirmativo pressupõe
concordância unanime do quotista minoritário para o controle da entidade.
Mercedes-Benz Corretora de Seguros Ltda.
A Mercedes-Benz Corretora de Seguros Ltda. tem como objeto social principal a prática
de corretagem de operações de seguros. As atividades operacionais da Corretora estão
inseridas no contexto dos negócios do Banco Mercedes-Benz e Mercedes-Benz
Leasing do Brasil.
As entidades consideradas na consolidação das demonstrações financeiras são
constituídas e domiciliadas no Brasil. A sede da DMO Brasil está localizada na Avenida
do Café, 277, na cidade de São Paulo, Brasil.
A posição de investimentos em controladas pode ser verificada na nota explicativa nº 16.
3. USOS DE PREMISSAS, ESTIMATIVAS E JULGAMENTOS
Os resultados estão sujeitos às estimativas, políticas e premissas contábeis que são
inerentes à elaboração de suas demonstrações financeiras individuais e consolidadas.
A elaboração das demonstrações financeiras de acordo com o CPC exige julgamentos,
estimativas e premissas, por parte da Administração, que afetam a aplicação das
políticas contábeis e os montantes apresentados a título de ativos, passivos, receitas e
despesas. Os resultados efetivos podem diferir dessas estimativas.
As estimativas e as premissas são revisadas periodicamente. As revisões relativas às
estimativas contábeis são reconhecidas no período em que a estimativa é revisada e em
todos os períodos subsequentes afetados.
As áreas referentes a estimativas e julgamentos críticos na aplicação de
políticas contábeis que tem o efeito mais significativo nos valores reconhecidos nas
demonstrações financeiras são:
a. Provisão para perda de crédito esperada de ativos financeiros
As exigências de impairment previstas no CPC 48 (IFRS 9) requerem um modelo de
perda de crédito esperada considerando premissas, tais como:
Determinação de critérios para aumento ou redução significativa no risco de crédito:
A partir do acompanhamento de indicadores de risco de crédito, do monitoramento
contínuo da situação financeira das contrapartes e de informações públicas consegue-
se determinar se houve acréscimo ou decréscimo significativo no risco de crédito.
Prazo: Considera-se o prazo máximo de contrato como tempo de exposição ao risco de
crédito quando há uma data de vencimento definida, caso contrário estima-se a vida
esperada do ativo financeiro conforme período de exposição ao risco de crédito.
Informações prospectivas: Utilização de informações de caráter forward looking, como
expectativas macroeconômicas, para refletir os impactos de eventos futuros na perda
esperada.
Cenários de perda ponderados pela probabilidade: Utilização de cenários
macroeconômicos imparciais e ponderados para estimar a perda esperada em um
horizonte de tempo adequado.
A política contábil em relação a perdas pela redução no valor recuperável dos
empréstimos e recebíveis está descrita na nota explicativa n° 4.
A nota explicativa nº 15 detalha a movimentação da provisão para perda de crédito
esperada no exercício.
b. Mensuração do valor justo de instrumentos financeiros
São aplicadas técnicas específicas de avaliação do valor justo de instrumentos
financeiros que não são negociados em mercados ativos e para os quais os preços e
parâmetros de mercado não estão disponíveis. Tal apuração incorpora premissas sob
julgamento da Administração, a qual leva em consideração a avaliação das informações
e circunstâncias de mercado.
As metodologias usadas para avaliar os valores justos de determinados instrumentos
financeiros estão descritas na nota explicativa nº 4.
c. Ativo e passivo fiscal diferido
A política contábil da DMO Brasil para o reconhecimento do ativo fiscal diferido e do
passivo fiscal diferido está descrita na nota explicativa nº 4. Um ativo fiscal diferido é
reconhecido quando for provável auferir lucros tributáveis futuros para compensação
com as diferenças temporárias dedutíveis. O reconhecimento de um ativo fiscal diferido
depende de julgamentos da Administração em relação à probabilidade e à suficiência
de lucros tributáveis futuros, reversões futuras de diferenças temporárias tributáveis
existentes e estratégias de planejamento fiscal.
O montante do ativo fiscal diferido reconhecido é baseado nas evidências disponíveis
sobre as condições na data do balanço e exige que a Administração realize julgamentos
significativos, principalmente aqueles com base nas estimativas da Administração para
o crescimento dos negócios e perdas de crédito. O julgamento da Administração leva
em conta o impacto de evidências negativas e positivas, incluindo os resultados
financeiros passados e projeções de lucro tributável futuro.
Os passivos fiscais diferidos são compostos por obrigações fiscais e reconhecidos no
momento de sua ocorrência. A nota explicativa nº 25 apresenta informações mais
detalhadas sobre os impostos diferidos.
Exercícios findos em 31 de dezembro de 2020 e 2019 (Em milhares de Reais)
BALANÇOS PATRIMONIAIS
Exercícios findos em 31 de dezembro de 2020 e 2019
(Em milhares de Reais)
DEMONSTRAÇÕES DO RESULTADO
Exercícios findos em 31 de dezembro de 2020 e 2019
(Em milhares de Reais)
DEMONSTRAÇÕES DAS MUTAÇÕES DO PATRIMÔNIO LÍQUIDO
Exercícios Findos em 31 de Dezembro de 2020 e 2019 (Valores expressos em milhares de Reais, exceto quando indicado)
NOTAS EXPLICATIVAS ÀS DEMONSTRAÇÕES FINANCEIRAS
Exercícios findos em 31 de dezembro de 2020 e 2019
(Em milhares de Reais)
DEMONSTRAÇÃO DOS FLUXOS DE CAIXA
d. Redução ao valor recuperável de ativos não financeiros mantidos para a venda
A entidade avalia ao fim de cada período, se há alguma indicação de que um ativo
possa ter sofrido desvalorização. Se houver alguma indicação, a entidade estima o valor
recuperável do ativo que é o maior entre: i) seu valor justo menos os custos para vendê-
lo; e ii) o seu valor em uso. Se o valor recuperável do ativo for menor que o seu valor
contábil, o ativo é reduzido ao seu valor recuperável por meio de uma provisão para
perda por imparidade, que é reconhecida na demonstração do resultado.
e. Provisões para ações judiciais
A política contábil da DMO Brasil para reconhecimento das provisões para ações
judiciais está descrita na nota explicativa n° 4.
A IMPRENSA OFICIAL DO ESTADO SA garante a autenticidade deste
documento quando visualizado diretamente no portal
www.imprensaoficial.com.br
quinta-feira, 29 de abril de 2021 às 01:05:35

Para continuar a ler

PEÇA SUA AVALIAÇÃO

VLEX uses login cookies to provide you with a better browsing experience. If you click on 'Accept' or continue browsing this site we consider that you accept our cookie policy. ACCEPT