Conhecimento Especializado no Domínio da Energia Elétrica: Estudo de caso sobre a aquisição do conhecimento para ontologia

AutorLivia Marangon Duffles Teixeira, Murillo Lima Modesto, Jeanne Louize Emygdio, Cristiano Moreira, Mauricio Barcellos Almeida
CargoDoutora em Gestão e Organização do Conhecimento Fundação Centro de Pesquisa e Desenvolvimento em Telecomunicações, Campinas, SP liviamarangon@gmail.com https://orcid.org/0000-0001-9728-3905 - Mestrando em Gestão e Organização do Conhecimento Escola de Ciência da Informação, Universidade Federal de Minas Gerais, Belo Horizonte, MG murilloef...
Páginas1-28
Estudo
de Caso
Encontros Bibli: revista eletrônica de biblioteconomia e ciência da in formação, Florianópolis, v. 26, p. 01 -28, 2021.
Universidade Federal de Santa Catarina. ISSN 1518-2924. DOI: https: //doi.org/10.5007/1518-2924.2021.e75969
CONHECIMENTO ESPECIALIZADO NO DOMÍNIO DA
ENERGIA ELÉTRICA: ESTUDO DE CASO SOBRE A
AQUISIÇÃO DO CONHECIMENTO PARA ONTOLOGIA
Specialized Knowledge in the Domain of Power Supply: a case of study on the knowledge acquisition
for ontology
Livia Marangon Duffles TEIXEIRA
Doutora em Gestão e Organização do Conhecimento
Fundação Centro de Pesquisa e Desenvolvimento em
Telecomunicações, Campinas, SP
liviamarangon@gmail.com
https://orcid.org/0000-0001-9728-3905
Murillo Lima MODESTO
Mestrando em Gestão e Organização do Conhecimento
Escola de Ciência da Informação, Universidade Federal de
Minas Gerais, Belo Horizonte, MG
murilloef@gmail.com
https://orcid.org/0000-0002-8344-4832
Jeanne Louize EMYGDIO
Doutoranda em Gestão e Organização do Conhecimento
Escola de Ciência da Informação, Universidade Federal de
Minas Gerais, Belo Horizonte, MG
jeanne.emygdio@gmail.com
https://orcid.org/0000-0002-7329-4447
Cristiano MOREIRA
Doutorando em Gestão e Organização do Conhecimento
Escola de Ciência da Informação, Universidade Federal de
Minas Gerais, Belo Horizonte, MG
cristianomoreirasilva@hotmail.com
https://orcid.org/0000-0002-9350-8262
Mauricio Barcellos ALMEIDA
Doutor, Professor Associado
Escola de Ciência da Informação, Universidade Federal de
Minas Gerais, Belo Horizonte, MG
priv.mba@gmail.com
https://orcid.org/0000-0002-4711-270X
A lista completa com informações dos autores está no final do artigo
RESUMO
Objetivo: o presente artigo aborda a organização do conhecimento no setor elétrico brasileiro, usando ontologias como
alternativa.
Método: Descreve-se aqui um processo de aquisição do conhecimento realizado junto a uma grande empresa nacional
do setor de energia, de stacando as dificuldades, erros e lições aprendidas. A expressão “aquisição do conhecimento” é
usada para nomear a etapa do desenvolvimento de ontologias em que a expertise é elicitada e registrada para posterior
formalização. Pesquisadores em Ciência da I nformação foram treinados a gerar definições formais seguindo um padrão
axiomático típico de ontologias. Cada pesquisador recebeu c erca de 50 termos, além de insumos para desenvolver o
trabalho, a saber: registros de conhecimento especializado no domínio obtidos via en trevistas com experts, tabelas com
listas de processos relativos aos ativos da empresa, ativos esses que eram o escopo da ontologia.
Resultados: a aquisição de conhecimento gerou quase 400 definições em linguagem natural, as quais foram revisadas,
adequadas segundo o padrão. Como resultado intermediário, foram obtidos quase 100 termos definidos
semiformalmente, que foram então validados.
Conclusões: os resultados parciais do estudo de caso exibem questões lógicas e terminológicas verificadas
durante a aquisição do conhecimento e validação, as quais merecem atenção, visto que representam uma das primeiras
frentes para combater a falta de interoperabilidade entre sistemas. O estudo de caso evidencia ainda lições aprendidas
e possíveis melhorias, tanto para o setor quanto pa ra a sociedade, oferecidas pela Ciência da Informação a partir desse
tipo de trabalho.
PALAVRAS-CHAVE: Ontologia. Setor Elétrico. Aquisição de Conhecimento.
ABSTRACT
Objective: The present article addresses knowledge organization in the Brazilian power supply sector, using ontologies
as an alternative.
Method: We describe a process of knowledge acquisition performed within a large national company in the supply
sector, highlighting the difficulties, errors and lessons learned. The expression “knowledge acquisition” is used to name
the stage of the development of ontologies in which expertise is elicited and registered for f urther formalization.
Information Science researchers were trained to create formal definitions following an axiomatic pattern typical of
ontologies. Each researcher received a bout 50 terms, in addition to knowledge inputs to develop the work, namely:
records of the specialized domain knowledge obtained through interviews with experts, tables with lists of processes
related to the company’s assets that were the scope of the ontology, to mention a few.
2
Encontros Bibli: revista eletrônica de biblioteconomia e ciência da informação, Florianópolis, v. 26, p. 01-28, 2021.
Universidade Federal de Santa Catarina. ISSN 1518-2924. DOI: ht tps://doi.org/10.5007/1518-2924.2021.e75969
Results: the knowledge acquisition g enerated almost 400 definitions in natural language, which were revised and
adapted according to the pattern. As an intermediate result, we obtained almost 100 semi-formally defined terms that
were, then validated.
Conclusions: The partial results of the case study reveal issues logical and terminological verified during knowledge
acquisition that deserve attention, since they constitute one of the first fronts to be faced regarding the lack of
interoperability between systems. The case study also highlights learned lessons and possible improvements, for the
sector and for society, offered by Information Science when performing this type of work.
KEYWORDS: Ontology. Power Supply Sector. Knowledge Acquisition.
1 INTRODUÇÃO
O setor energético é estratégico para o desenvolvimento de qualquer nação pois é
a base para uma melhor condição de vida da população. Em um circulo virtuoso, o
aumento da renda gera um aumento do consumo de energia e a consequente demanda
por mais geração de energia. Estudos em diversos países têm buscado fomentar
melhorias na cadeia de serviços e produtos que envolvem energia desde a geração,
passando pela transmissão e até a distribuição (MADRAZO; SICILIA, GAMBOA, 2012;
USLAR et al, 2012; LEFRANÇOISE; GHARIANI, ZIMMERMANN, 2016; CUENCA;
LARRINAGA, CURRY, 2017; KÜÇÜK et al, 2010; KÜÇÜK; ARSLAN, 2014); BARACHO et
al, 2018). Existem ainda projetos de smartgrid 1 e IoT2 em concessionárias de energia, o
que sugere interesse dessas organizações por melhoria no uso da informação em prol de
uma gestão eficiente.
Uma das questões que têm sido amplamente discutidas é a interoperabilidade
entre sistemas de informação (CGEE, 2017). Quando se fala em interoperabilidade, o que
se espera é que diversas tecnologias e aplicações possam trocar informação sem
intervenção humana, a partir de um vocabulário comum. Para isso, é preciso que as
interpretações e conclusões únicas sejam obtidas por diferentes sistemas e usuários.
Essa possibilidade, denominada especificamente de “interoperabilidade semântica”
(UKOLN, 2005), é essencial no contexto digital e pode ser obtida por meio da semântica
legível por máquina (ALMEIDA; SOUZA, FONSECA, 2011). Nesse cenário, ontologias
são uma alternativa para solucionar problemas de representação e organização do
conhecimento, e mitigar a falta de interoperabilidade. Ontologias representam o
conhecimento de forma fidedigna, com redução da ambiguidade e limitação de aspectos
epistêmicos que dificultam o processamento por máquinas. Alguém pode dizer que
nenhuma representação é “fidedigna”, pois trata-se de um recorte, mas o que se deseja
1Smartgrid é uma rede elétrica dita “inteligente” que deve suportar: i) dispositivos e sistemas desenvolvido s de maneira
independente; ii) dispositivos de propósitos distintos; iii) grande volume de clientes industriais, comerciais e
residenciais; iv) diferentes ambientes regulatórios (USA, 2007; NIST, 2014; MADNI e SIEVERS, 2014 ).
2 A Internet das Coisas é um termo criado para fazer referência à conexão d igital entre objetos e serviços cotidianos
usados pelas pessoas (carros, eletrodomésticos, iluminação, equipamentos municipais, etc) e a intern et.

Para continuar a ler

PEÇA SUA AVALIAÇÃO

VLEX uses login cookies to provide you with a better browsing experience. If you click on 'Accept' or continue browsing this site we consider that you accept our cookie policy. ACCEPT